ESTAÇÕES DIFERENTES

"The most important things are the hardest things to say. They are the things you get ashamed of, because words diminish them - words shrink things that seemed limitless when they were in your head to no more than living size when they're brought out. But it's more than that, isn't it? The most important things lie too close to wherever your secret heart is buried, like landmarks to a treasure your enemies would love to steal away. And you may make revelations that cost you dearly only to have people look at you in a funny way, not understanding what you've said at all, or why you thought it was so important that you almost cried while you were saying it. That's the worst, I think. When the secret stays locked within not for want of a teller, but for want of an understanding ear."

Stephen King - "Different Seasons"


Partilhar informação @ estacoesdiferentes@gmail.com

segunda-feira, setembro 04, 2017

SAL POR SEMENTE

Muitas pessoas, erradamente em meu ver, julgam que a produção de uma reacção justifica todos os meios. Aliás, não é raro ver pessoas que se magoam entre si e mutuamente porque, defendem, gostam do umas das outras. Não sei se é a validade do argumento pela prova da emoção, mesmo que ela seja negativa (e em não raros casos, traumatizante pela repetição), se pelo facto da acção agressora ser efectiva, provando assim, pela reactividade, que a emoção positiva afinal existe.

Há quem defenda que é nesse estado de conflito sanguíneo que alguma coisa de real se prova. Não sei se este argumento é mais parvo ou mais perigoso. No plano da adjectivação, tendo a pender para o segundo, porque aquilo que parece semeado para colher uma prova, muitas vezes não passa de sal na terra, da qual nada brotará. 

Alguns agressores querem a prova de algo pelo desespero, descontrolo ou pura e simples acção irreflectida. Para alguns não basta ter a luz. é preciso saber que algo está mesmo a queimar até ao fim. 







Sem comentários: